Neste artigo propõem-se a compreensão do controle de indicadores de estilo de vida dos trabalhadores de um Indústria de Ponta Grossa- Paraná, com o intuito de promover bons hábitos de saúde; prevenir ou gerenciar riscos e doenças; contribuir para a saúde ocupacional por meio de vigilância em saúde. Os dados obtidos são provenientes de um banco de dados do Serviço Social da Indústria (SESI), por meio de um sistema de avaliação do perfil de estilo de vida e produtividade (SAEVP), por meio de um questionário que se recorre à análise do estilo de vida dos trabalhadores a partir do Índice Geral de Estilo de Vida (IGEV). Foram utilizados os dados do VIGITEL/2016 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) referentes a cidade de Curitiba –Paraná, para comparar o PEV dos trabalhadores da indústria pesquisada com o PEV da população da capital do Paraná. Observou-se nos resultados apresentados, que o monitoramento dos perfis estilos de vida dos trabalhadores, podem subsidiar o enfrentamento das DCNT, auxiliando na prevenção e controle destas.

Download